Winnie Harlow, a modelo com vitiligo que enche a moda de esperança

  image credits: le21eme.com

image credits: le21eme.com

Desde que a Rosa (aka Lolla’s editor and founder) me convidou para escrever eu queria abordar o assunto a seguir porém, não sabia em qual momento ele iria se encaixar. Segunda-feira, lendo a editor’s letter de fevereiro, achei o momento perfeito.

Não sei quantos de vocês já ouviram falar de Chantelle Brown-Young, hoje chamada de Winnie Harlow. No meu caso, fã assumida de America’s Next Top Model, conheci a modelo na temporada de 2014 e, por motivos óbvios, chamou minha atenção.

De modo bem resumido, usarei dois fatos para passar a essência de Winnie para vocês. Primeiramente, aos 4 anos de idade ela foi diagnosticada com uma doença de pele chamada vitiligo. Segundo fato, Winnie tinha o sonho de ser modelo e, ao contrário do que muitos pensam, um não exclui o outro.

 Igual a todo reality show, para alguém virar um participante do programa, devem mandar seus portfólios que, posteriormente, serão avaliados e etc. Contudo, o caso de Winnie foi diferente. Quem a achou pelo Instagram (e tem quem reclame de redes sociais, hey dad) foi a própria Tyra Banks, apresentadora e juíza do reality.

Deste modo, no vigésimo primeiro ciclo de ANTM a modelo fez sua aparição no programa e, entre idas e vindas, terminou em sexta posição. Sua trajetória desde o final do programa conta com campanhas para Diesel, capas para Glamour Itália, representante da Desigual entre outros. As vezes, meu lado pessimista e desconfiado me faz questionar as verdadeiras intenções destas marcas com Winnie. Porém, independentemente de quais sejam os motivos, o resultado é sempre encantador.

Um dos motivos pelos quais as fotos da modelo me fazem suspirar é porque além de passarem tamanha personalidade e força, não deixam de mostrar o lado poético e delicado. Durante o programa, Tyra abordou diversas vezes o fato curioso acima da vitiligo da modelo. Esta, é mais rara ainda pois, os dois lados do seu corpo possuem manchas idênticas. Ao meu ver, isto dá uma certa credibilidade àqueles ditados sobre como há beleza em tudo, basta procurar.

Enfim, na minha opinião, ver Winnie sentada na primeira fila de desfiles Haute Couture, posando para Vogue e com milhões de seguidores no Instagram transmite esperança de mudanças no mundo da moda. Sim, sou apaixonada por este universo. Porém, seria impossível negar que alguns padrões e mentalidades precisam mudar. Mas, isto é assunto pra outro dia...

Isabella Kracoshansky - Fashion Editor

YOU MIGHT LIKE | LATEST POSTS


LIFESTYLELolla's Team