5 THINGS – The “DEWY MAKEUP” ou 5 Things para ter aquela pele iluminada.

5-things-dewy-makeup-todos2.jpg

“Se você deixar a pele com cara de pele, as pessoas não notarão a maquiagem. Elas notarão você – e é isso o que interessa”. Essa declaração do super makeup artist Daniel Martin (responsável pela “no-makeup makeup” de Meghan Markle em seu casamento) define perfeitamente como temos que encarar essa tendência da maquiagem leve, com pele radiante, que tanto amamos. Para Daniel, “menos é mais”, principalmente quando se trata da base com a qual você irá começar a sua make. E uma boa rotina de skincare é fundamental para atingir esse look, como já contamos nesse post.

Por isso, no 5 things de hoje, listei os 5 itens que para mim são essenciais na criação de um make no qual a radiância natural da pele é a estrela principal!

  • 1) BB Cream

5-things-dewy-makeup-laura-mercier.jpg

Esse produto, que une hidratação, proteção solar e cobertura leve, foi um enorme sucesso há alguns anos atrás, mas atualmente está meio em baixa. Acredito que isso se deu pela própria evolução das bases, que foram se aproximando cada vez mais do conceito dos Bb’s, sobretudo na questão de aliar cobertura mais leve e acabamento luminoso – basta reparar na infinidade de lançamentos de base com os termos “fluida” e “radiante” dos últimos anos!

Fato é que, para mim, ainda não existe uma base ideal que dê o mesmo acabamento na minha pele (seca e sensível) que um bom BB Cream, como esse da Laura Mercier, meu queridinho do momento. O engraçado de notar aqui é que o termo “BB Cream” caiu tanto em desuso que nem na embalagem ele está escrito! Mas esse produto é essencialmente isso: um hidratante com cor, com uma textura leve e deliciosa, que cobre apenas o necessário, e ainda protege a pele dos raios solares. 

Para chegar ao resultado natural, característico do “dewy makeup look”, o ideal é buscar um produto – base ou BB Cream, tanto faz - que tenha como função principal a de homogeneizar o tom da pele, e não - de JEITO NENHUM! – a de mascarar cada poro e marquinha existente no seu rosto. Correções pontuais, como nas olheiras e canto do nariz, poderão sim ser feitas, mas isso é trabalho para o produto sobre o qual falarei à seguir!

2) Corretivo luminoso

5-things-dewy-makeup-2.jpg

Aqui, você precisa de um corretivo que tenha uma dose extra de pigmentação, mais concentrada que a do BB Cream, mas que também tenha esse acabamento luminoso. Essa convergência no tipo de acabamento ajudará o look a ficar mais natural e “amarrado”. Afinal, imagina só, uma pele toda luminosa e viçosa, mas com pequenos pontos opacos de correção... ficaria super estranho né? Então, o ideal aqui é buscar produtos mais leves e com uma função hidratante, e ir dosando pouco a pouco a necessidade de cobertura, de acordo com cada detalhe e aspecto da pele que queremos corrigir. 

No momento, estou viciada no corretivo Un-Cover Up da RMS Beauty, marca de makes veganas fundada pela maquiadora Rose Marie Swift, que é mestra em criar produtos maravilhosos com ingredientes super nutritivos, como o óleo de coco e o de jojoba, usados nesse produto. No site da marca, descobri que o Un-Cover Up também pode ser usado como base, com a ajuda de um pincel, mas eu prefiro usá-lo apenas como corretivo, aplicando com pequenas batidinhas com os dedos.

Um outro produto no mesmo estilo “correção com radiância” que eu adoro é o clássico Radiant Creamy Concealer da Nars, que pode ser encontrado nas Sephoras brasileiras.

  • 3) Blush cremoso ou líquido

5-things-dewy-makeup-3.jpg

Para conseguir o resultado mais natural possível nesse tipo de maquiagem, o ideal é manter alinhadas as consistências de todos os produtos que usaremos na pele. Assim como sugeri corretivos com acabamento luminoso, para “casar” com o acabamento do BB Cream, o ideal é que o blush também tenha esse mesmo efeito. Para isso, conto com blushes do tipo cremosos ou líquidos, que se fundem com a cor da pele, dando apenas um efeito levemente corado e deixando as sardas e poros serem vistos. No momento, ando obcecada pelo Cloud Paint, um dos carros-chefes da Glossier, que consegue dar essa vibe bochechas-coradas-de-quem-acabou-de-sair-de-uma-aula-de-hot-yoga, com um misto de cor e luminosidade que eu nunca encontrei em nenhum outro produto! Para um resultado ainda mais sutil, vale apostar em produtos do tipo tint, como o clássico “BeneTint” da Benefit, que também pode ser encontrado nas Sephoras brasileiras. Apenas algumas gotinhas do BeneTint já trazem um rubor natural e super charmoso às maçãs do rosto!

4) Iluminador cremoso 

4.jpg

Esse é um produto que, para esse tipo de look, pode ter múltiplas funções. Se você quer dar um upgrade na radiância da pele, a dica é aplicá-lo em pontos estratégicos do rosto, como naquele ossinho que vai das têmporas até logo abaixo dos olhos; no centro do nariz; e no “arco do cupido” (o “V” do lábio superior). Já se quiser trazer um toque mais glam para o look, vale aplicar o iluminador de forma mais concentrada por toda a pálpebra móvel, e também no canto interno dos olhos, para abrir o olhar.  

Como meu tom de pele fica mais para o moreno/oliva, e eu me bronzeio com facilidade, sou particularmente fã de iluminadores que puxam para o dourado, como o Sun Beam da Benefit (que também pode ser encontrado nas Sephoras brasileiras). Além da cor, gosto muito da textura leve desse produto, que deixa o resultado da maquiagem mais natural, e quase não possui aquelas partículas de brilho visíveis - o que é o caso com muitos iluminadores, e que acaba deixando o look mais artificial. 

5) Balm com cor

5-things-dewy-makeup-5.jpg

Por fim, um produto coringa para qualquer ocasião: balm com cor, para hidratar e colorir de leve a boca. Aqui, selecionei o clássico Rosebud Salve da Smith’s, que tem uma textura mais similar a um gloss (mas não tão “pegajoso”), mas você também pode optar por balms em bastão, que também hidratam e oferecem uma leve cobertura de cor. O ideal é buscar algum que puxe para a cor natural dos seus lábios, pois a proposta aqui é apenas ressaltar esse tom, e não cobri-lo. Outra truque que faço, quando quero dar um “upgrade” no “no-makeup makeup look” é passar PRIMEIRO esse balm, em uma camada bem generosa, e depois aplicar DE LEVE um batom vermelho bem saturado, como o Dragon Girl da Nars (meu vermelho favorito de todos os tempos!). Faço a aplicação de forma suuper suave mesmo, apenas para dar uma corzinha extra, já que com a hidratação prévia da boca os pigmentos do batom não irão “grudar” tanto. O resultado é uma boca meio cereja, com cara de saúde e textura super hidratada que eu amo! 

! DICA EXTRA PARA QUEM TEM PELE OLEOSA !

Se você morre de vontade de testar o “dewy makeup look”, mas tem medo de abusar da luminosidade por já ter a pele oleosa, não se desespere! Fiz uma bela pesquisa, e encontrei duas dicas maravilhosas que o maquiador londrino Philipp Ueberfellner deu em uma entrevista para a Marie Claire americana. Aqui vai:

  • Se você precisa de mais controle de oleosidade, Philipp indica a aplicação de uma levíssima camada de pó translúcido na Zona-T (e APENAS nela ok? Se não ele pode “matar” todo o efeito do “dewy look”). Aqui, uma boa dica de produto é o Pó Fixador Dermablend da Vichy, que controla o excesso de luminosidade, mas não remove todo o brilho, além de ter uma textura aveludada deliciosa! 







READY TO GLOW?