Booksters! Os livros que as #LollaGirls estão lendo.

Laís Andrade, Beauty

Estou lendo o “Face Paint - The Story of Makeup” da Lisa Eldridge e o “Meditação - Pare, Respire e Muda sua Vida” da coleção da Super Interessante - Esse de meditação estou amando!

O da Lisa Eldridge conta a história da maquiagem por meio das 3 principais cores usadas ao longo dos séculos nos rituais de beleza: vermelho, branco e preto. Ela busca as origens de produtos como o batom vermelho e o kajal, e explica como cada cultura usava esses produtos de uma maneira diferente. Além de uma rica pesquisa histórica, Lisa também apresenta belas imagens de campanhas antigas, ensaios de moda e divas do cinema, fazendo um paralelo dos ideais de beleza desde o Egito antigo até os dias atuais. Recomendo super!

O de meditação é do Alexandre de Santi, e faz parte da coleção da Super Interessante. Ele conta como essa prática milenar se popularizou no Ocidente, a partir dos anos 60 com os Beatles, até os dias de hoje. Também dá diversas dicas fáceus e bem-humoradas para vc adotar a meditação como uma prática diária. Eu já pratico há mais de 3 anos, já fiz cursos sobre o assunto, e mesmo assim aproveitei muito a leitura! Acho que é um ótimo livro para quem quer iniciar a sua prática, mas quer fugir de textos complexos e com fundo religioso.

Dani Trolesi, Business and Finances

Um novo mundo - o despertar de uma nova consciência”, do Eckhart Tolle e “Faça Acontecer”, da Sheryl Sandberg.

Faça Acontecer: é da Sheryl Sandberg, COO do Facebook (que aliás tive o prazer de conhecer pessoalmente e virei fã número 1! Rs). Ela fala sobre as dificuldades das mulheres na carreira, os obstáculos que enfrentamos, equilíbrio entre trabalho e família, síndrome da impostora, e como a gente mesmo se sabota em vários momentos

Um novo mundo - o despertar de uma nova consciência: esse foi recomendado pela minha terapeuta! Rs. É bem focado no ego: em como ele domina nossa mente e relações. Fala bastante de crenças, condicionamentos mentais, inconsciente, de como nossos pensamentos nos sabotam, etc. É um mix de autoconhecimento com espiritualidade

Poliana Almeida, Fashion and Lifestyle

Ainda estou no “Minha História” da Michelle Obama e “Reparação”, do Ian McEwan. Estou empacada nesses dois.

Michelle Obama - Michelle é uma mulher icônica e cativante, o livro conta sua trajetória de uma maneira honesta, o que acaba deixando o livro como um relato íntimo, como se fosse uma amiga sua lhe contando detalhes da vida.

Reparação - Ian McEwan

O livro que deu origem ao filme Desejo e Reparação. A história tem como fundo a segunda guerra mundial. Conta sobre Briony, uma menina que sonha em ser escritora e que vê uma cena um (pouco) comprometedora para a época, entre sua irmã mais velha e um amigo de infância, e a partir disso ela cria uma história fantasiosa que acaba causando efeitos devastadores na vida de todos.

Beta Drable, Lifestyle and Lifestyle

“Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas” do Dale Carnegie. É sobre relacionamento, como ter empatia com o próximo, pessoal e profissional. São experiências vivenciadas pelo autor.

Bia Zuquim, Fashion and Lifestyle

“A amiga Genial” da Elena Ferrante e o “Os Criadores de Coincidência” do Yoav Blum.

A Amiga genial - ainda to no comecinho, são muuitos personagens, já precisei voltar algumas vezes para me situar. Mas basicamente conta a história de duas amigas, Elena e Raffaella ambas muito pobres. Se passa em Nápoles lá por 1940, 50 eu acho. Cada uma com uma personalidade completamente diferente da outra. A Elena, a que narra o livro, parece ser mais pura, recatada, medrosa e a Raffaella, totalmente o contrário, corajosa, ousada, vive testando os limites dela e arrastando a Elena junto. Por enquanto tá me fazendo pensar bastante nas minhas amizades, estou meio em crise com uma amiga, então minha cabeça está a mil.

Os criadores de coincidências - comprei por que me identifiquei de cara. Super acredito que tudo tem um motivo, que você não chegou atrasada por acaso, nem que seu carro enguiçou a toa. No livro, eles criam um universo de agentes de coincidências, como se tivessem pessoas especialistas em criar esses acasos e imprevistos na vida das pessoas para que elas concretizem o destino que lhes foi traçado. Claro que é uma ficção, mas está me fazendo pensar bastante, encarar as coisas de uma outra forma. Sem falar que tem um romance leve com o protagonista e eu adoro histórias de amor <3

Helena Vilela, Travel

A coragem de ser imperfeito” da Brené Brown e “Aprenda a viver o agora” da Monja Coen.

O da Monja são pequenas dicas para praticar o mindfulness em atividades do dia a dia. Ela chama de instante zen. Seu objetivo é mostrar práticas de até 10 min. Ex: ao tomar café, escovar os dentes... É bem interessante mas confesso que não é um hábito fácil, por isso estou indo com calma. O da Brené brown é bem parecido com o documentário do Netflix. Ela fala sobre ser vulnerável e ter coragem para se expor.

Maria Ruth Jobim, Culture and Business

“Design of everyday things” - eu deveria ter lido na época da faculdade, é como uma bíblia do design, mas não encontrava em lugar nenhum, a primeira edição é de 1970. Achei em NY na Strand, recentemente e versão atualizada para os dias de hoje.

“Criatividade S.A.: Superando as forças invisíveis que ficam no caminho da verdadeira inspiração”. Do Ed Catmull, presidente da Pixar e conta a história da empresa com algumas passagens interessantes, como a história da mesa de reunião que criou uma hierarquia sem querer dentro da empresa. Basicamente fala sobre cultura de empresa e criatividade.

Thereza Possato, Lifestyle

“Crer ou nao crer”, do Padre Fabio de Melo e Leandro Karnal.

É uma conversa entre o Padre Fabio de Melo e o Karnal, filósofo e ateu, em que eles debatem a religião, a igreja católica e a crença em deus, de uma forma muito aberta.

Mara Coimbra, International Correspondent

Eu sei por que o pássaro canta na gaiola”, da Maya Angelou.

Fui influenciada a ler esse livro por uma amiga jornalista. Ela postou uma foto no instagram, logo mandei mensagem perguntando se tinha gostado. Ela respondeu que sim e em seguida corri para a amazon.com.br para pegar um sample. É assim que compro livros em português que quero ler imediatamente! Li os dois primeiros capítulos e me apaixonei, comprei o livro mas ainda não acabei de ler. Maya Angelou foi, entre várias outras coisas, uma brilhante escritora negra norte americana. Esse livro é uma de suas autobiografias. Ela conta com muita precisão e poesia toda sua vida, desde que era uma menininha criada pela avó no Arkansas. Pelo que já li, é uma história triste, marcada por dolorosas lembranças e descobertas, sempre tentando se adequar a uma sociedade que a excluía. Ainda estou pela metade mas o livro já me fascina pela sabedoria que ela compartilha desafiando as barreiras da sua vida.

Giu Iodice, Lifestyle

“A Pergunta mais Bonita” do Warren Berger e “The Catcher in the Rye" do J. D. Salinger (pela milésima vez) e o “O Momento de Voar” da Melinda Gates

Kanucha Barbosa, Lifestyle

To lendo (barely) “As Regras da Magia e do Amor”, Alice Hoffman e “60 dias de Neblina”, da Rafaela Carvalho, sobre puerpério.

Regras do Amor e da Magia: da mesma escritora do clássico “Da Magia à sedução”, livro que virou filme com Sandra Bullock e Nicole Kidman (e que marcou a adolescência de muita gente), conta a história de três irmãos (duas meninas e um menino) que descobrem seus poderes místicos na adolescência, em plenos anos 50 em Nova York. É um livro que me transportou aos meus 15 anos, quando eu costumava deixar a fantasia tomar conta do meu imaginário. Uma leitura assim é sempre boa para se desligar um pouco da realidade e descansar a mente dos problemas do dia a dia.

60 dias de neblina: a autora e blogueira Rafaela Carvalho é mãe de 4 e escreveu este livro de uma sequência de pequenas reflexões (quase como legendas de Instagram) sobre a maternidade e também sobre ser mulher. O título da obra remete ao período após o parto (justamente o que eu me encontro atualmente) em que um neblina esconde o horizonte ensolarado. Apesar de me identificar com muitas reflexões escritas por Rafaela, algumas delas sobre a maternidade me soaram um pouco intensas demais - talvez seja a minha lua em Capricórnio.

Renata Perlman, Fashion and Lifestyle

“A Amiga Genial”, da Elena Ferrante.

Finalizei recentemente A Reparação - do Ian McEwan. Romance esplendido!! Custei um pouco para engatar, porque as narrativas se confundem, até se repetem em diferentes pontos de vista. Mas, depois fica demais, super envolvente. Um pouco cruel, mas muito humano. Legal que eu não assisti o filme.

Depois me envolvi com leitura sobre dress code no trabalho.... coisas profissionais. E agora comecei a ler Elena Ferrante. Ela por si só, por ser uma escritora tão enigmática, já me gerava uma certa curiosidade. Minha mãe comprou toda a tetralogia dela e devorou em pouquíssimos dias. Estou começando A Amiga Genial (o primeiro). Muito no comecinho para conclusões, mas já deu para perceber que vou amar. Ambiente do pós-guerra, a Italia, pobreza em Nápoles, machismo às alturas. E daí duas amigas (parece que a tetralogia é até a velhice delas). Nesse primeiro, são os primeiros anos. Personagens inteligentes, revolucionários. Tudo que amamos. Relação das duas de amizade e rivalidade também. Bastante para se envolver e se apaixonar.