Como fazer um arranjo de flor despretensioso

Putnam_Putnam_Flowers-2-homepage-1900x1068.jpg

 

Eu adoro arranjos de flores rebeldes, quanto mais destrambelhado e misturado, melhor. Mas descobri que eles dão mais trabalho do que aqueles arranjos juntinhos e certinhos, porque não seguem um padrão. Os galhos são diferentes, os formatos das flores podem encrencar e te desobedecer, você pode se irritar e jogar tudo para alto. Por isso tô sempre em busca de inside tips para coisas que parecem blasé, mas que na verdade dão um mega trabalho, porque é sempre assim. Tipo beach wave hair, que parece que você acabou de sair da praia e no fundo ficou uns 40 minutos jogando spray com água salgada na cabeleira e retorcendo mexas para todos os lados só pra parecer que acordou assim.

Então sempre guardo nos meus bookmarks quando vejo dicas de arranjos por aí. Essa vem do Putnam & Putnam, um studio de flor de NY que faz arranjos com um ar meio vintage, sempre com uma paleta de cores nada comum e que parece fazer parte de uma casa dos anos 40. Comandado por um casal moderninho, Darroch e Michael Putnam, lançaram o business há três anos, em Abril de 2014, e hoje eles atendem clientes como a Martha Stewart, Vogue e CFDA. To apaixonada pela sintonia de um casal trabalhando juntos que chegou tão longe em tão pouco tempo e pela estética da Putnam & Putnam, se o Lolla fosse uma loja de flores, seria a Putnam & Putnam (@putnamflowers).

LET'S DIY 

 

 

O QUE VOCÊ PRECISA

 

Um bowl de vidro com pé

Flower Frog – não consegui achar isso no Brasil e não sei nem como chama

Sure stik – uma fita específica para fixar o flower frog no vaso

Fita dupla face transparente para flores

Tesoura para flores

 

FLORES

Amarilis

Rosas de Jardim

Folhagem – procure por galhos com uma textura interessante

Antúrio

Delfino

Crisântemo

Frutas cítricas nos galhos – bem inesperado, acho que foi aqui que defini como uma arranjo de uma cozinha dos anos 40.

 

HOW TO

 

Primeiro precisa fixar o floral fog na base do vaso com a fita “Sure Stik”

Depois ele corta dois pedaços da fita dupla face transparente e cola na borda do vaso. Isso faz com quem o arranjo fique seguro se você precisar transportar de um lugar para o outro e deixa tudo mais no lugar – inside information

Ele começa criando uma forma com a folhagem, sem muita regra e brincando com assimetria. Isso vai ser a base do arranjo, definindo os parâmetros

Depois das folhagens, ele colocou as Amarilis, que são as flores mais rígidas, expressivas e maiores

Depois pode acrescentar as outras flores menores, sem muito critério, experimentado formatos diferentes. A ideia é fazer o arranjo meio solto e orgânico, deixar transbordar para os lados

A altura dos galhos não pode ser igual pra criar essa desarmonia proposital que vai dar a forma mais solta e orgânica que a gente quer

No fim ele acrescentou a fruta e o Antúrio azul, que deu o acabamento ideal de cor e deixou o arranjo mais bold


O que acharam? Não vejo a hora de testar o meu!

Via The Coveteur.