Dicas práticas de uma mãe de gêmeos

Screen-Shot-2016-12-04-at-7.47.25-PM.png

lolla-dicas-praticas-gemeos

Todo dia algum curioso me pergunta sobre a minha gravidez, ou melhor, antes dela. "Mas você fez tratamento?", "Você queria engravidar de novo?", "Tem gêmeos na familia?"... é uma coleção. E acho engraçado quando as pessoas me chama de "corajosa". Hmmm não é bem que eu fui lá e optei por ter gêmeos, se bem que tenho uma amiga que fez quase isso e ela sim é corajosa.

Eu já tenho um mais velho de 2 anos que teve um começo de vida fora do que a gente planeja para os nossos filhos e acho que isso me fez ficar muito pé no chão e diminuir as expectativas. Ser mãe de segunda viagem de gêmeos me parece ser bem mais fácil do que de primeira. E já queria fazer esse post com dicas de uma mãe de gêmeos (e mais um) há algum tempo, e quando li esse hoje no Just Real Moms achei que era hora. Achei o post super bacana, e acho que posso complementar mais um pouquinho com algumas dicas mais práticas.

Ter uma rotina é super importante, para qualquer criança, e não só para gêmeos 

Toda vez que me falavam sobre isso ficava apreensiva. "Com gêmeos você tem que ter rotina se não você ficar louca!" e isso soava como algo que eu não saberia fazer, ou já não fazia, parecia uma imposição de uma rotina super rígida e cheia de métodos que algumas mães seguem e que não tem muito a ver comigo. Descobri que não é nada disso, pelo menos na minha casa. Eu sempre fiz livre demanda, então a rotina deles foi se definindo pelo horário das mamadas. Mas a necessidade dos dois quando eram pequenininhos era bem parecida, então fazia as funções juntas: mamadas, fraldas, banho, soninho e brincadeiras. Você fazer para os dois ao mesmo tempo e em uma rotina é meio que automático, a rotina acontece sozinha. Sem nenhum tipo de imposição ou regras, a rotina deles se formou de acordo com o ritmo deles, meu e da casa. E fui adaptando: logo que nasceram eu dava banho neles a noite, tipo 8h30pm. Era a hora que o Ben ia dormir, ele ouvia todo o barulho, as vezes eles choravam e atrapalhavam o Benjamin. Mudei pra 11am que foi o melhor pra toda a casa.

Tenha baixas expectativas quanto ao enxoval, parto, nascimento e maternidade 

Gravidez de gêmeos é uma gravidez de risco. Fisiologicamente nosso corpo não foi feito para gerar dois bebês ao mesmo tempo, então é importante obedecer o seu corpo e o seu médico. E ainda baixar suas expectativas. Pode ser que eles nasçam antes do tempo, sejam super magrinhos, fiquem na UTI, não saibam mamar direito e precisem de complemento. Pode ser que não. Pode ser algumas coisas e não tudo. Mas o que importa é que eles se ajustam muito rápido, de repente tá todo mundo em casa, com dobrinhas e saudáveis. Então toda aquele sonho do parto ideal, da janelinha do hospital, das roupinhas da maternidade e etc pode ser duro com você quando a realidade bater na porta. O importante é não dar bola para o que não faz diferença pra eles.

Seja organizada e anote tudo

Se você não é organizada, peça ajuda pra alguém. O dia a dia com gêmeos é puxado, a demanda é em dobro, quando você acabou uma tarefa já tá na hora de começar outra. Eu usei um caderno onde anotava as mamadas, as fraldas e os remédios dos dois até os 6 meses. É fácil se perder e esquecer quem tomou remédio e o horário das mamadas. Deixe as mamadeiras prontas com água e as medidas separadas nos potinhos, na hora da gritaria da fome isso faz toda a diferença (pra quem não amamenta). Eu tenho mamadeiras diferentes porque eles tem necessidades diferentes, se não for organizada dá a maior confusão entre bicos e mamadeiras.

Aceite ajuda

É muita função, muita roupinha suja, muita mamadeira. Qualquer ajuda é bem vinda. Ninguém rouba seu papel nessas horas, fique tranquila. E você estará sempre perto, dificilmente alguém vai fazer mal para um bebê de uma mãe atenta.

Respeite as diferenças 

Eu tenho um casal, as maiores diferenças começam aí. O Phil é manhoso, guloso e adora um colo. A Lella é super independente, dorme sozinha e não acorda a noite desde os 5 meses. Fui descobrindo e respeitando cada um.

Não se sinta culpada

Quando um está doentinho eu acabo dando mais atenção pra ele, normal. E morro de remorço do outro. É besteira, tento compensar no dia seguinte. Às vezes me pego pensando que se fosse um só, conseguiria dar mais atenção pra ele, mas como seria sem os dois?  Não dá mais pra imaginar a vida assim.

Gear shopping 

Tenha uma boa diaper bag que caiba tudo para dois e um carrinho que passe nas portas. Infelizmente as portas brasileiras são diferentes do padrão americano e nem todo carrinho passa. Também quis comprar um carrinho que não prejudique nenhum deles, tipo aqueles modelos que o bebê de baixo só vê o bumbum do bebê de cima. Não comprei o carrinho que eu queria, mas ele é prático.

Confie em você

Não se assuste com a reação das pessoas quando fala que está esperando gêmeos. É bem mais tranquilo do que parece e todo mundo dá conta. Você também vai dar. Os primeiros 3 meses são mais difíceis, eles podem ter cólica e chorar ao mesmo tempo. Eu montava um esquema a partir de 5h30pm aqui em casa. Sabia que a cólica tava chegando, era eu com um no colo, alguém com o outro e mais alguém com o Benjamin. Era realmente desafiador, porque ainda é o horário que o Ben tava cansado, com fome e se preparando pra dormir, aquela hora que eles ficam chatos sabe? Então eu me garantia, não podia eu estar com fome ou qualquer coisa. Era 1h30 com a Stella no colo (berrando) até a cólica passar. E um dia passou.

Não se sinta culpada 2 

Quando os gêmeos nasceram o Ben tinha 1 ano e 6 meses. Ele teve ciúme, me olhava com uma carinha de interrogação o dia inteiro e não entendia nada do que tava acontecendo. Ele ficou ansioso, pedia pra descer e passear o tempo todo. Acho que ele queria sair de casa, fugir um pouco da confusão que os gêmeos causavam na cabeça dele. E eu me sentia muito culpada. Não achava justo não poder explicar o que tava acontecendo, doía muito em mim. Mas isso também passou. E hoje ele adora acordar e ir correndo pro quarto dos irmãos dar bom dia.

Enfim, é pouco mais complexo do que com um bebê só. Mas nada grave como muita gente imagina. Para te ajudar na nova rotina com twins, fiz um schedule que você pode imprimir para anotar a rotina deles e não se perder. Para imprimir clique aqui, salve e imprima quantas folhas quiser.

Aqui eu contei um pouco mais sobre como foi descobrir quando estava grávida dos gêmeos e aqui quando cheguei com eles em casa. Se você tiver mais dicas para contribuir para o Lolla deixa nos comentários, adoro trocar ideias com outras mães que estão no mesmo barco.

MOTHERHOODRosa Zaborowskymotherhood