Big Little Lies: Friendship comes from...

big_little_lies.jpg

Descobri uma nova ansiedade que não estou sabendo lidar. Quando meus sites favoritos começam a escrever reviews do último episódio de alguma série que eu sei que vou pirar e não tenho ideia de como fazer pra ver essa série. Não sei o nome pra isso, FOMO de series? FOMORGS Fear-of-meassing-out-ridiculously good series?

Big Little Lies estreou nos Estados Unidos em Fevereiro e eu só fui terminar ontem. Preciso ter muito auto-controle porque além de querer fazer parte de todas as conversas e de comentar por aí o que eu acho da Jane isso aumenta abusrdamente a minha ansiedade de estar perdendo muitas coisas só porque eu não moro lá, nos Estados Unidos. Eu sei, sem solução aparente para um futuro próximo. E a minha tendência por spoilers só piora a minha situação. Fico ansiosa demais pra não dar um google entre um episodio e outro. Principalmente em series violentas. Tipo Narcos eu apertava pause a cada 5 minutos pra saber se aquilo que estava acontecendo realmente aconteceu e ficava extremamente aliviada quando não era 100% real. Tipo, relaxa, é só TV. Então aviso logo BIG SPOILER ALERT.

A cena da Nicole Kidman caída no banheiro me deixou sem ar até agora. Li que depois de terminar a cena, ela ficou jogada no chão do banheiro chorando e o diretor a cobriu com uma toalha até ela se recuperar.

Fora ter acelerado meu coração e ter me deixado tensa, tipo cardio, a série termina com uma mensagem tão forte sobre amizade entre mulheres. Elas pareciam se entender no olhar de compaixão uma com a outra, simplesmente elas "take each others back". Confesso que fiquei esperando pelo momento que a Jane iria ter algum tipo de inveja da vida privilegiada da Madeline e da Celeste, ou que a Madeline era só uma mimada egoísta. Mas não foi isso que aconteceu... E não acho que seja uma coisa fácil de se identificar por aí na vida real, principalmente depois que a gente vira mãe, a competitividade só aumenta e pra ficar mais estranho, nas relações mais próximas. O principal papel de cada uma delas é o de mãe, tudo gira em torno das crianças.

E que cenários espetaculares dessas casas da California na beira da praia. Até sinto uma coisa meio sombria com o mar e as rochas, a casa da Celeste é o cenário perfeito para um assassinato. E to apaixonada plea Chloe, filha da Madeline. Sensível, mega atenta e sabe tudo sobre música. By the way, que trilha sonora espetacular, tem playlist no Spotify.

A noticia boa é que parece que vai sair a second season! Não estava nos planos, mas de todo mundo pedir acho que eles resolveram fazer mais uma. Yay!