Women Behind The Brand | Bruna Botti, da Botti São Paulo

INTERVIEW BRUNA BOTTI

FOUNDER E SHOE DESIGNER DA BOTTI SÃO PAULO

A #girlboss de hoje, a Bruna Botti sempre foi sinônimo de sapato pra mim! Enquanto tá cheio de #girlboss correndo atrás de um sonho, a Bru sempre teve o dela. E ficou tão lindo ao vivo ♡. Aqui ela conta pra gente tudo o que rolou antes de abrir a Botti - a marca de sapato brasileira mais desejo ever.

 

Name: Bruna Botti

Age: 31

Location: Brasil

Current Title/Company: Botti

Education:

 

Qual foi seu primeiro trabalho e como você conseguiu? 

Como não sabia em qual ramo da moda gostaria de seguir, coloquei na minha cabeça que deveria estagiar em diversos setores e ai decidir qual me atraia mais.

O primeiro foi de assistente de produtora na revista Estilo, na época consegui pois conhecia a editora chefe.

Sempre soube que não ia ser estilista de roupas, nunca gostei.

Foi então que consegui um estágio com a super sapateira Paula Ferber, e foi onde me apaixonei por sapatos.

Eu sempre te associei a sapatos! Me conta como foi sua experiência na Paula Ferber e como esse estágio te levou ir tão longe? 

Eu ficava de ponte entre a fábrica e o escritório.

Quando sai de lá achei que poderia começar a fazer meus próprios modelos, mas com o tempo vi que as coisas não eram tão fáceis assim, e que eu precisava de mais experiência.

Foi então que me chamaram pra trabalhar na Tao Galeria, um bureau de estilo, que desenvolvia tanto a marca própria quanto para NK, Capodarte, e algumas marcas C e D.

Foi a maior escolar que tive, pude transitar em uma das maiores fábricas da América do Sul, entender o famoso “chão de fábrica”.

Conta pra gente como foi sua primeira venda pela Botti?

Hahaha muito bom relembrar isso, a gente acaba esquecendo como começou.

Minha primeira venda foi em um evento na casa da minha ex-sócia, para amigos e família. Foi um sucesso e então que resolvi “roubar” uma sala no escritório do meu pai para fazer essas vendas por delivery. Desenvolvi umas malas lindas pintadas a mão e entregava na casa das clientes…e faço isso até hoje.

botti

Você abriu sua primeira loja em São Paulo em 2013 - Quanto tempo demorou do começo da marca por delivery até a abertura da loja? 

Fiquei um ano e meio no escritório do meu pai, e quando senti que algumas clientes não queriam só receber a mala, queriam um lugar, era um programa.

Foi então que comecei a procurar um lugar.

botti

A loja é linda e a cara da marca. Como você chegou no conceito da loja?

O conceito surgiu de toda essa ideia do delivery, eu não queria uma loja fria, com cara de loja. A ideia era ser uma extensão da casa das clientes.

Toda essência da Botti é o conforto, e a palavra conforto em todos os sentidos, tanto no produto quanto na hora da venda. Tento sempre deixar minhas clientes o mais a vontade possível.

E procurei uns amigos arquitetos (suíte arquitetos) que de primeira entenderam toda a história e montaram esse projeto incrível.

E como o business mudou desde que você abriu a loja? 

Qual sentido? De Mercado ou da marca?

Quais são os planos para o futuro da Botti? Any online plans?

Super online plans!!

Estou desenvolvendo nosso e-commerce, mas queria com uma tecnologia de ponta, que girasse em todos os lugares que a pessoa pode tentar querer comprar. Final do mês ele está pronto!

Qual foi seu maior desafio pra começar? 

Meu maior desafio fui eu mesma, o medo de ter um negocio em um país que não temos nenhum incentivo, nenhuma “ajuda”, medo de não ser aceita no mercado, o medo em geral Hahahah

Mas acredito que quando fazemos o que amamos e com verdade tudo acontece.

Já pensei em desistir mil vezes, mas cada coleção, cada elogio, cada pessoa que vejo usando meus sapatos e que não tenho a menor ideia de quem seja, cada matéria que sai, a alegria das pessoas que trabalham comigo, a força do meu pai que é meu sócio, tudo isso faz eu não desistir e pelo simples fato de amar o que eu faço.

botti

Conta um pouco do processo criativo. Você tem uma equipe?

Nossa equipe é super enxuta, aprendi no livro “Sonho Grande”. Tenho um financeiro, uma vendedora e uma assistente e as fábricas são terceirizadas.

Bom, todo processo começa com uma grande pesquisa de mercado, hoje com a internet tudo fica mais fácil e rápido.

Depois disso penso nas mulheres Botti, quem são e o que elas estão querendo e assim começo a desenhar os modelos.

Depois mando fazer um piloto, pois o papel aceita tudo, então temos que montar um pé pra ver exatamente como ficam.

Em paralelo a esse processo, faço uma pesquisa de couros e começo a montar as combinações. E por final só soltar o pedido para a fábrica.

botti

Os produtos são fabricados 100% no Brasil? 

São 100% no Brasil e em São Paulo.

Gosto de ter o controle de tudo, acompanhar todos os processos e ver cada detalhe.

Melhor advice que você já recebeu? 

Tenha um bom administrador, pois a maioria das empresas fecham por não saberem cruzar o estilo com o custo!

Qual sua dica pra quem tá começando a trabalhar com moda? 

Putz, uma dica, poderia dar várias eu adoro ajudar as pessoas!

Eu acho que todos nós temos que acreditar mais em si, acreditar na sua verdade e na sua história.

O Brasil é muito rico em matéria prima, em ideias, em um povo. E a maioria fica só olhando pra fora, quando aqui está o que todo mundo quer e procura.

Calçados por exemplo, é super reconhecido lá fora, a maioria das marcas gringas produz no Brasil e a maioria das pessoas não tem a menor ideia disso.

Follow Botti - facebook // instagram // site