I'm in love with Alessandro

les_trompe_l_____il_du_d__fil___gucci_printemps___t___2016____milan_6064.jpeg_north_982x_white.jpg

GUCCI

I'm in love with Alessandro. Nope, nada a ver comigo e meu marido, ele continua sendo o amor da minha vida. O Alessandro Michelle, o Lallo, é o Criative Director da Gucci. Ele conseguiu trazer a Gucci de volta ao topo das marcas hype que criam peças que de repente a gente não pode viver sem - esse desejo pode ser do mal, falei um dia nesse post da séria "On my iPad" sobre isso.

Alessamdro começou na Gucci em 2012 trabalhando com o Tom Ford, depois virou assistente da Frida Giannini, a quem substituiu na mudança mais inteligente da moda nos últimos dois anos, na opinião de quem curte uma moda mais comercial, como eu.

A Gucci vai bater recorde de faturamento este ano, indo na contramão da indústria high luxury. Segundo este artigo do Business of Fashion, com a economia da China que deu uma esfriada e o medo do terrorismo que causa um peso no "feel good factor" que impulsiona as vendas, a previsão de crescimento da indústria é de no máximo 2%, a segunda taxa mais fraca desde 2009 segundo a Bain & Co.

“Today, if you want to grow you need to steal market share, the only way is through creativity.”

Marco Bizzarri, Gucci CEO

O CEO e o Alessandro repaginaram a Gucci, mudaram tudo. Reorganizaram a estrutura, mudaram a embalagem e o  layout das lojas e diminuíram em 30% o número de produtos. A linha ready-to-wear feminina cresceu 66%, a de sapatos 46% e a de bolsas 7% - sendo puxada pela Dionysus (ela aparece aí do lado direito em "currently obsessed"). As vendas estão performando super bem nas lojas e em lojas de departamento e é só dar uma olhada no feed do seu Instagram pra ter certeza disso. Vão aparecer várias meninas com o loafer (guilty as charged) ou alguma bolsa da nova coleção.

gucci loafers

E antes mesmo de saber tudo isso eu caí de amores pelo sapato do ano, o loafer. Eu demorei bastante pra querer ele de verdade. Só depois que quase comprei um inspired da Blue Bird que vi no Rio de Janeiro, que era fofo mas não era ele, que não parei de pensar e acabei comprando. Fora que foi uma saga pra conseguir. O modelo que eu queria (secretamente eu ainda quero), com a rosa bordada, não veio para o Brasil ou acabou antes de eu querer. Consegui o preto que veio do México direto pra mim, I got lucky. 

Follow me! @rosazaborowsky

gucci loafers

Descobri que ter comprado esse sapato é uma maneira de celebrar o momento da marca. Pra sempre vou olhar pra ele e lembrar que foi desenhado pelo Alessandro Michele em um dos momentos mais hypes da Gucci e isso é muito legal. Não ligo a mínima que outras milhares de pessoas pelo mundo compraram o mesmo sapato que eu, pelo contrário, é assim que me sinto confortável.

To apaixonada pela mente criativa dele e pela sintonia com o CEO da marca, é um mega desafio encontrar esse equilibro. O único problema disso é que agora não consigo parar de pensar na Dionysus...

STYLERosa Zaborowsky