Interview with Helena Sicupira, founder of Etoiles

etoiles_.jpg

Uma das melhores coisas que o lolla me trouxe foi a Helena Sicupira, founder da Etoiles. Minha amiga querida de muitos anos que a vida deixou de lado por um tempo mais longo do que deveria, foi a primeira a apostar no braço de creative direction do lolla e agora a nossa mente criativa está deixando a gente por perto por mais tempo, e que fique sempre assim. Mãe do Vicente e do Joaquim, ela fundou a Etoiles há 7 anos. A marca mais despretensiosamente bold e que sempre tem alguma coisa surpreendente em toda coleção (a do Verão 2018 que lançou semana passada são com certeza os vestidos com estampas tropicais e o melhor décolletage que você vai conseguir encontrar para o verão). As referências dela são sempre as mais inusitadas mas com uma carga histórica que deixa tudo old school chic. To super feliz e honored com a entrevista dela para o lolla.

Q.

Me lembro super do dia que você me contou que estava lançando uma marca. Foi no casamento de uma amiga nossa, no meio da pista haha. De lá pra cá a Etoiles evoluiu tanto! As coleções estão mais autorais, tudo se conectada e tudo sem a sua cara. Como foi esse processo da marca?

A.

Naquela época eu ja sabia que queria criar roupas, por algum motivo que eu desconhecia mas que eu também não estava na época interessada em entender o porque. Como quase tudo na minha vida eu me empolgo, me jogo e acabo não parando para analisar. Até hoje eu aprendo muito com meu dia a dia na marca e claro, com o tempo as coisas vão ficando mais fáceis. Você não perde tanto tempo com coisas que antes acabava perdendo porque não sabia como fazer e acabo tendo mais tempo para o que eu realmente gosto de fazer, o que não é só criar roupas mas criar histórias com personagens que usam as roupas que eu crio. A Etoiles é extremamente pessoal e reflete quem eu sou hoje, a marca e eu amadurecemos juntas.

Q.

Você sempre se imaginou por trás de uma marca?

A.

Sinceramente demorei muito pra pensar nisso, na escola ficava desesperada porque não tinha a menor idéia do que eu gostaria de fazer.

Q.

Qual seu background? Onde você estudou?

A.

Eu sou carioca, morei no Rio até os 12 anos e vim para São Paulo. Me formei no Lourenço, com você by the way e sem muito saber o que queria fui fazer DI na FAAP, cursei dois anos e consegui começar a visualizar que talvez era moda o que eu gostava. Fui para Paris onde estudei na Parsons e me formei no Studio Berçot.

Q.

Como foi seu primeiro trabalho na área?

A.

De verdade meu primeiro trabalho com moda foi quando eu ainda estava batendo a cabeça na escola, peguei mil recuperações, estava com a moral la embaixo em casa e resolvi arranjar um emprego pra ver se a moral subia, fui trabalhar na loja da Richards do Shopping Iguatemi. Depois disso, meu primeiro emprego já como estudante de moda em Paris foi um estagio que eu consegui via faculdade no showroom da Dior.

Q.

A Etoiles segue o lema “slow fashion”. Eu sou particularmente fã de tudo que carrega slow no nome. Acho que isso te lembra que não precisa ser frenético para ser bacana. Como foi o processo para se encaixar no termo?

A.

Esse processo teve que acontecer, eu sou e sempre fui uma pessoa mais slow (kkk), mas lutei mto contra isso até os meus filhos nascerem, depois que eles nasceram eu resolvi que sou assim mesmo e que para a minha marca  ficar mais organica comigo também deveria ser. Hoje sou muito mais feliz assim.

Q.

Seu escritório que está ficando pronto é o máximo. Como foi a inspiração para criar cada cantinho do atelie?

A.

Como já falei anteriormente não fico planejando muito, o que aconteceu foi que quando os meninos nasceram eu montei um escritório em casa pra ficar mais com eles e conforme eles foram crescendo foi ficando inviável. Meninos tem muita energia e acabam ocupando muito espaço, meu escritório virou sala de brinquedo e vi que as minhas coleções estavam indo p um caminho bem lúdico (foi na época da coleção fábulas, que tinha estampa de raposa, coelho etc) o que era legal mas eu acabo me influenciando muito pelo o que vejo e precisava de um lugar realmente meu, sem grandes interferências.

Q.

O site e ecommerce da Etoiles acabou de ser lançado. O que podemos esperar?

A.

Esse site foi quase um terceiro filho, como demorou para ficar pronto, fizemos de tudo para ele sem bem funcional e bonito e espero realmente que agrade.

Q.

O que te inspira?

A.

Não consigo te dizer uma ou dez coisas que me inspiram, acho que por ser meia desfocada acabo me inspirando com muitas coisas e isso me da um trabalhão!

Q.

Conta como é seu dia a dia?

A.

Acordo as 7:30, tomo café da manhã com os meninos e raramente com meu marido que a essa hora em geral ja saiu. Faço minha atividade física e tento me dedicar aos meninos até a hora do almoço, isso é mais uma idealização do que uma verdade mas pelo menos se preciso trabalhar nesse horário ( o que acaba acontecendo quase todos os dias) tento fazer com eles por perto. Almoço junto com eles, eles vão pra escola e aí sim consigo ter mais foco no meu trabalho. Tento busca-los na escola sempre que posso. Tem três anos que resolvi que para mim seria importante me dedicar uma vez por semana a alguma atividade criativa que não tem haver com o trabalho, ao longo desse tempo fui mudando de atividades e esse ano me encontrei na cerâmica.

Leio para os meninos quase todos os dias e adoro! Depois aproveito para ficar com o Lucas ou sair com algum amigo.

Q.

Prefere um livro, uma série ou Instagram?

A.

Prefiro livro mil vezes, mas também adoro série.

Q.

E na hora de vestir? Você tem um estilo único?

A.

Não tenho certeza mas acho que não. É fácil analisar o estilo dos outros mas o próprio acho bem difícil. O que vc acha?

Q.

O que não entra no seu closet?

A.

Não parei pra pensar nisso ultimamente mas definitivamente roupas mto “sexys” com recortes... Me senti meio ridícula as vezes provei.

Q.

Um drink?

A.

Amo drinks em geral e prefiro os mais azedos.

Q.

Último livro que você leu?

A.

Acho que eu e o Brasil todo estamos enlouquecidos pela Elena Ferrante, estou louca para ler o último que ainda não chegou por aqui.

Q.

Alguma dica de wellness? Acho que tem tudo a ver com o conceito slow da Etoiles.

A.

Há um pouco mais de três anos resolvi investigar quem eu realmente sou independente de pai, mãe (família) e as pessoas que me cercam. Tem sido um processo, nem sempre mto fácil, mas de grande aprendizado e muito gratificante. Durante esse processo tive um problema de saúde. Acredito que grande parte causado por esse acúmulo que criamos na vida e que vamos levando sem prestar muita atenção e na minha investigação ele, boom, apareceu e me virou de cabeça pra baixo. Depois de muitos exames e 4 meses tratando alopatia sem resultado resolvi mudar completamente minha alimentação e passei quase dois anos comendo 90% do tempo só comida macrobiótica. Hoje já “curada” continuo comendo macrobióticos sempre que estou em casa, mas me libero quando saio ou viajo. Nesse tempo vi o quanto uma alimentação saudável é realmente importante para algumas pessoas.

Shop Etoiles | Follow Etoiles

interviewsRosa Zaborowsky