New apartment decor moodboard!

Moodboard!

Moodboard!

Semana passada a gente se mudou para um novo apartamento. Isso é tão empolgante, algo que eu queria há tanto tempo, que ainda estou em uma fase anestesiada e preferindo curtir todos os cantinhos e pensar bastante no que eu quero antes de comprar qualquer coisa nova, que vai me acompanhar por muito tempo.

Meu estilo de decoração/maneira de se vestir é totalmente influenciável pelo meu Pinterest. O que está acontecendo por lá, vai parar aqui de alguma forma e o perigo disso é que o Pinterest é baseado em trends. O quartinho dos gêmeos foi feito em uma vive totalmente escandinava p/b que começou a pipocar há 4 anos atrás e não podia mais olhar para aquele papel de parede de nuvens pretas Ferm Living inspired. Lindo e fofo, mas totalmente datado.

Para não correr esse risco, comecei a olhar referências antigas nos meus primeiros boards do Pinterest, em álbuns de família e em alguns decors que nunca saíram da minha cabeça. Tipo a casa de uma amiga querida que descobri mais tarde que foi decorada pela Aninha Strumpf, o apartamento de uma amiga em NY, a casa da Anine Bing, a casa da Jules no filme The Intern, o apartamento da Jenna Lyons em NY e o apartamento da Darya Koop em Paris ou uma volta ao meu período escandinavo com a casa da Juliane Moore no filme Maggie’s Plan. Juntando quase todas elas em um moodboard (algumas são memórias fotográficas, mas estão tão claras na minha cabeça que queria tirar um print do meu cérebro), consegui perceber que o que elas mais tem entre si são histórias para contar. Todos esses apartamentos são recheados de móveis, objetos, telas, luminárias e coisas que estão ali por algum motivo. Casa pra mim tem que ser assim, tem que contar história. Vou demorar muito mais para terminar o decor e deixar ele como eu quero, mas vou comprar tudo com calma, curtir e pesquisar muito, principalmente por fornecedor. Sou mestre em encontrar fornecedor para tudo que eu quero, e normalmente pago muito abaixo dos preços dos endereços tradicionais - a não ser para designers exclusivos e peças assinadas que são praticamente tabeladas. Existem milhares de fornecedores e designers a nossa disposição, tem que ter paciência e saber procurar nos lugares certos.

Stay tuned! Mais ideias e projetos de decor vão aparecer por aqui.