Quais são as suas tradições de Natal? 6 Lolla Girls dividiram as delas

O Natal na minha casa sempre foi sobre família. Nessa época do ano eu já estava na praia e nossa árvore de Natal era um ficus que fazia parte da casa. Alguns enfeites de Natal tinham tema praia: lagosta, farol e carangueijo. A gente comemorava todo dia 24 a noite e meu pai fazia questão de esperar dar 00h do dia 25 para jantar, era um tortura divertida essa espera. Hoje o nosso Natal é comandado pela minha mãe. Na nossa casa não fazemos Natal, meu marido é judeu e sigo tentando fazer de Chanucah algo mais mágico, construindo assim as nossas tradições.

Fiquei curiosa para saber mais sobre o Natal na casa das pessoas e convidamos 5 Lolla Girls para dividir como são as tradições de Natal de cada uma. Merry Christmas!

ALÊ AFONSO FERREIRA, FOUNDER & CREATIVE DIRECTOR SISSA

Passo o ano inteiro sonhando com o natal na Alemanha no friozinho! Na Bavaria as feiras de Natal, Christkindlmarkt, são um conto de fadas, nada feito na China, tudo produzido artesanalmente e orgânico, com um significado muito especial! Os alemães realmente sempre são extraordinários em tudo que fazem! Com o frio, a neve,  adoro andar a noite pelas feiras de Natal,  ao ar livre e tomar glühwine (tipo quentão, vinho tinto quente com spices), comer raclette, salsicha com pão ou aquelas nuts bavarianas que vendem no shopping de SP, que tem um perfume doce de dar água na boca!

Todo ano compro algumas novas decorações de Natal de madeira ou de palha, já virou uma tradição e o melhor é que nada custa caro e a qualidade é especial! Acabo sempre renovando as minhas pantufas para o inverno em SP! Quem pensa que alemão é frio, se engana! Talvez seja difícil se aproximar mas depois que você vira família, é tanto amor e carinho!!! No inverno então, o frio ajuda e ficamos em casa. Todas as gerações juntas jogando jogos (board games ou mímica), bebendo vinho, e papeando sobre longas refeições e tudo sempre a luz de velas, super cozy!

A árvore de Natal montamos apenas no dia 24 e ela fica até o meio de Janeiro, a tradição católica deixa até 02 de fevereiro, a minha sogra acabou de me falar! Não precisa nem falar que é uma árvore de verdade, até 2 anos atrás, meu marido ia com a vó dele cortar a árvore na floresta no countryside, mas agora a vovó esta muito velhinha! Os enfeites de Natal cada um tem uma historia especial, as mais especiais aqui em casa são as bolas de vidro que o avô do meu marido pintava com ele quando criança! Os enfeites sao guardados em caixas antigas de biscoito! O mais especial mesmo são as velas de verdade, que acendemos todas as noites por toda a árvore, nada de luzinha artificial! A primeira vez que eu vi as velas na árvore fiquei encantada, nunca havia visto ou ouvido falar antes!! Na noite do dia 24 fazemos um fondue de carne e cada um tem que fazer pelo menos um molho, ninguém escapa! Eu sempre faço o vinagrete bem baiano com bastante coentro, que eles amam e  insistem que eu faça! Esse ano vou fazer também um chutney de berries que a minha mãe inglesa fez lá em casa esses dias e me passou  a receita, maravilhoso, pra comer ajoelhado! Imagina só aqui na terra das berries, yummiiii, exciting!

Algum dos outros molhos são guacamole, cranberry sauce, mango chutney, organic garden tomate and apple chutney (minha sogra que fez para esse ano, not sure about this one), horseradish... Por aqui tudo é sempre orgânico... então a carne do fondue é super BIO (orgânico), de uma fazendinha de uma amigo!

Na noite do dia 24, vamos caminhando para missa da meia noite a luz a de vela. A igreja fica no bairro, em frente ao kindergarten que o meu marido estudou.  Sempre visitamos os vizinhos, amigos de infância do Julian!

E os homemade cookies?! Socorro! São caixas e caixas de biscoitos feitos pelos amigos e todos trocam biscoitos, impossível não comer! Todo ano a omi (vovó) nos envia por correio uma caixa dos melhores gingerbreads (lebkuchen), uma caixa enorme!! Ultimamente tem nevado bastante e nada melhor do que um white Xmas e todas as crianças do bairro se reunem para ir sledding, deslizar na neve em um mini trenó, wunderschön (wonderful)!! Na noite do dia 24 cantamos musicas de natal  todos juntos e usamos as mesmas xerox de sempre com as letras, uma apostila vintage. Todos os anos eu sou obrigada a cantar em alemão, sendo que eu não falo alemão! Alias os irmãos do meu marido ficam pedindo solo pra mim!

Amém esse ano, decidimos fazer uma amigo secreto e só precisamos de um presente! No passado precisávamos de presentes para todo mundo e gifts  super thoughtful e criativos! No dia 25 temos um late lunch , "almodinner" e é sempre goose ou pato e novamente cantamos todos juntos! No dia 26 vamos sempre no circo, um circo super vintage, bem old school, com magico, palhaço, acrobacias, leões, elefantes, domadores de animais... 

Tenho uma tradição com a minha sogra de no natal fazermos coisas magicas juntas, outro ano fomos na fábrica de glassblowing, esse ano fizemos uma aula de cerâmica e quando as crianças estiverem um pouquinho maiores vamos na fabrica de brinquedos de madeira. 

Outra tradição é ir no zoológico ver os elefantes na neve! Tem todos os bichos mas agente ama elefantes, tudo da minha filha é de "fante"! 

Enfim, tudo é mágico & cozy no Natal na Alemanha, poderia contar muitas outras historias!

Merry Xmas & happy tropical holidays!

BRUNA BOTTI, SHOE DESIGNER

“Meu marido é judeu e eu sou católica, então fazemos todas as tradições, judaicas e católicas. Natal é sobre família e não sobre presentes, se meu filho ganha muitos eu vou dando ao longo do tempo”.



ALESSANDRA LEVY, SPEAKER

ale-levy-2.jpg

“A gente faz a arvorezonas juntos, eu conto para o Pi a história do nascimento de Jesus… eu amo Natal. Não sou muito católica, não vou à Missa todo domingo mas às vezes vou. Acho importante o Pi entender que não é sobre presentes sabe? Os shoppings começam a decoração antes de Novembro, entao temos que puxar para o lado do significado real sabe? Eu sempre fico mais pensativa nessa época. É como se passasse um filme na minha cabeça do ano. Tento lembrar aonde errei para não cometer os mesmos erros. Foi nessa época do ano passado que decidi fazer um detox digital. Justamente fazer o filme e perceber que não estava presente o suficiente. Nao sei... to no meio do meu planejamento para o ano que vem...Mas hoje tenho outras estratégias quando vejo que isso está pegando. Outra coisa importante no Natal é agradecer, agradecer e agradecer. Somos muito abençoadas”.

MARINA VICINTIN, JEWELRY DESIGNER

marina v.jpg

“Nos reunimos sempre com um jantar na noite da véspera de Natal, nele fazemos uma roda de mãos dadas onde rezamos o Pai Nosso e Ave Maria e depois agradecemos as conquistas e rezamos pelas perdas do ano. E desejamos um ano cheio de realizações. É bonito pois a família é grande, e fica um clima muito leve”.

MARIANA CAMARGO DELABY, GLOBAL CONTENT MANAGER AT CHEFCLUB

O Natal francês é bem diferente do meu Natal paulistano. Tem frio (e às vezes neve), tem foie gras poêlé, cordeiro... Começo de dezembro vamos comprar a árvore, um pinheiro de verdade, é divertidíssimo porque você cruza com gente na cidade toda carregando seu pinheiro (passe o slide, tem a Mari carregando seu pinheiro de patinete por Paris). Dia 24 vamos à missa e jantamos. Dia 25 colocamos música clássica para criar um ambiente mágico para as crianças. Quando elas acordam, o Papai Noel passou, a música tocando, elas abrem os presentes - aqui as crianças são menos mimadas, então não tem essa de mil presentes, cada um ganha uns 2 ou 3 e olhe lá. Almoço em família, nada de grandes festas.

MARA COIMBRA, COLABORADORA INTERNACIONAL DO LOLLA

MARA_COIMBRA_LOLLA.jpg

“Fazemos aqui (na Europa), o que fazíamos com nossas famílias no brasil. Jantar no dia 24 com peru e comidinhas de natal, mas eu também faço pão de queijo, não é de Natal, mas como sou mineira, sempre tem! É um jeitinho de lembrar/ter o Brasil aqui com a gente. Trocamos presentes na mesma noite. Esse ano vamos passar só nós 4 (eu, Max, Oli e Lio) aqui na Holanda, mas nos anos anteriores fui pra casa da minha irmã em Londres porque Natal é tão família, né?”