Let's talk money: Os melhores insights do talk sobre dinheiro e investimento na Jouer

talk-money-video-cover.png

Em parceria com Jouer

Minha historia com dinheiro nunca foi muito saudável e acho que com a maioria das mulheres sempre foi assim. A falta de educação financeira faz o dinheiro ser o grande tabu das pautas difíceis, um dos grandes responsáveis pelo distanciamento entre casais e por colocar em dúvida a nossa capacidade.

Não saber lidar com dinheiro faz a gente se sentir fracassada, inferior e incapaz. Não saber poupar, comprar demais, não saber cobrar por um trabalho, são questões que sufocam e não encontramos saídas fáceis.

A sensação de transferir o controle do dinheiro para um homem (pai/marido/irmão) causa uma falsa liberdade, tira um peso das costas, mas o preço que pagamos por abrir mão da nossa liberdade pode ser muito alto. Não é muito comum mulheres falarem de dinheiro, muito menos de investimento. Parece um mundo distante, que só quem é melhor que a gente pode fazer parte.

O gatilho é mudar o mindset. É começar a se familiarizer com a pauta, entender o valor do dinheiro no tempo, o esforço de quem é o breadwinner e o quanto as suas escolhas interferem no orçamento da casa.

Eu contei a minha história para a Julia, sócia da Jouer. Quando meu marido me perguntou o que eu queria ganhar de dia das mães, fui influenciada pela Rebeca Cantu de Billions (e pela Kim Kardashian), e pedi ações da bolsa de valores.

lolla-talk-money-jouer-julho-2019.jpg

E foi assim que a Jouer convidou o Lolla para debater esse tema. Veja os melhores insights do talk sobre dinheiro e investimentos com a Beatrice Ferrari, sócia do Blackbird Investimentos. Para quem quiser ver o talk completo, os vídeos estão no YouTube do Lolla.

  • 1º Passo para se familiarizar com dinheiro: para de culpar o sistema e a cultura machista e fazer alguma coisa para mudar o mindset. Estudar, ler, consumir conteúdo sobre o tema nos jornais e revistas especializadas. Valor Online, site da XP, site da Caixa.

  • Independência financeira é independência. Não transferir para o marido/pai a gestão do seu dinheiro. Queira saber o que acontece com ele, quais são suas opções, o que será melhor pra você. A gente não sabe o dia de amanhã, a realidade pode mudar de uma hora pra outra e se tivermos controle sobre o nosso dinheiro, conseguimos amenizar alguns riscos.

  • Precisamos encarar os erros de forma mais normal. A gente vai errar, os homens erram o tempo todo e não se martirizam com isso na mesma proporção que a mulheres. Esse medo de errar pode nos congelar, não só com o dinheiro, mas com o trabalho em geral, nas tomadas de decisões mais ousadas.

  • Dá pra começar a investir hoje, com pouco dinheiro (qualquer quantia é válida). Os bancos digitais tem ferramentas super fáceis de usar, como o Banco Inter ou a plataforma da XP investimentos. Separe uma parte do que você ganha (ou do dinheiro que vem pra você de alguma forma) e mande para uma conta de investimentos.

  • Para abrir uma conta na XP clique aqui. O próximo passo é procurar uma gestora que tenha o seu perfil. Pergunte para quem já investe, vá atrás de dicas de pessoas de verdade antes de entregar o seu dinheiro para alguém investir por você.

Crie hábitos, pesquise, seja curiosa e aprenda um pouco todo dia. Todo mundo que entende de dinheiro começou não sabendo nada. Veja o vídeo para saber mais sobre esse tema, a Beatrice deu algumas dicas importantes sobre como começar, o que devemos prestar atenção.


O Lolla vai trazer mais pautas sobre o tema. Deixe suas dúvidas nos comentários.