Women Behind the Brand | Laura Ducca, da Cas Plus Water

unspecified-1.jpeg

A Laura Ducca é arquiteta e uma das melhoras amigas da minha irmã. Conheço ela da época de sleep over na Baleia, faz bastante tempo =) Em algum momento a arquitetura ficou pra trás e nasceu a CAS PLUS WATER Um marca que começou com a proposta de desenvolver sapatilhas mas tomou um rumo muito mais unique e consciente. A CAS é uma marca de alpargatas com solado de tênis, super diferente. Achei a proposta da marca tão criativa, tudo a ver com a tag do site Women Behind the Brand e entrevistei a Laura para o Lolla.

Read more...

Você se formou em arquitetura, em que momento percebeu que não seria arquiteta pra sempre? Ou pelo menos não somente arquiteta? 

Nunca imaginei deixar de ser arquiteta. Quando entrei como sócia da CAS PLUS WATER, ainda trabalhava em um escritório de arquitetura. Naturalmente, com o crescimento da empresa, a dedicação do meu tempo à ela aumentou e tive que tomar a decisão.

Como surgia a ideia da marca? Vocês migraram de sapatilhas para o modelo atual como? 

No inicio, nosso business plan era voltado à exportação de sapatilhas brasileiras para o México. No meio do processo, o governo mexicano colocou uma barreira comercial à importação de sapatos, inviabilizando o projeto. Dessa forma, tivemos que pivotar o produto para venda interna, com possibilidade de exportação. A bailarina estava perdendo espaço para alpargatas e tênis, por isso, fizemos uma fusão dos dois. Nossa alpargata tem solado de tênis, criando um conforto inigualável.

O nome “CAS”, vem de “CASA da CASCATA”, obra de um grande arquiteto modernista, que nos inspirou para o design de um produto “clean, and easy”. Já o “PLUS WATER”, é relacionado ao elemento principal determinante da implantação da CASA - a água.  Decidimos inserir esse elemento em nossos flats, criando um projeto social ligado à questão da água no Brasil.

Como vocês dividem os papéis de cada uma na sociedade?

Atualmente, somos em 4 sócias. Cada uma é responsável pela sua área – administração e logística, comercial, marketing e produto.

Como é o processo criativo da marca? 

Desde o inicio, temos em nosso DNA uma estrutura de empresa colaborativa, “horizontal”. Isso significa, que todos se envolvem de certa forma no processo de criação.

E a produção dos sapatos? Eles são feitos no Brasil? 

Sim, a produção é brasileira.

Conta mais sobre o projeto PLUS Water. 

Na compra de um par, parte da venda é revertida para a ONG CEPFS, que apoia projetos de gestão e captação de água no sertão da Paraíba.

 

As marcas com uma causa estão super em alta, elas se relacionam com o público de outra forma e o consumidor sente que está fazendo algum bem ao comprar o produto da marca. Mas isso ainda é novidade no Brasil. Como o público tem reagido? 

Acreditamos que uma empresa só é forte quando esta conectada ao mundo. Tentamos ao máximo criar uma consciência de consumo na venda de nossos produtos e isso foi bem aceito pelo público. No entanto, ninguém compra um produto apenas pela ação social que promove, principalmente no Brasil. Nossa principal preocupação é vender um produto incrível, atemporal, com a melhor matéria prima. A diferença é que refletimos sobre o impacto desse consumo no mundo e tentamos minimizá-lo de alguma forma, com uma ação social.

E você como consumidora? Depois que se envolveu com um projeto social acha que se tornou mais consciente de forma geral?

Totalmente. Não acredito em radicalismos de que devemos simplesmente deixar de consumir um produto, mas precisamos ser conscientes. Penso duas vezes antes de comprar algo. Procuro saber de onde vem a matéria prima e como é a produção.

 

Você mudou alguns hábitos no dia a dia? 

Confesso que depois que iniciei a empresa, deixei de consumir várias marcas que não têm responsabilidade social e ambiental.

 

Quais os planos para a CAS em 2017?

Estamos abraçando muitas parcerias com designers, artistas plásticos e estilistas para collabsA ideia é manter a nossa sola e abrir o cabedal para qualquer tipo de criação, sempre mantendo o retorno à ONG.

 

Como é a presença digital da marca? 

Estamos engatinhando ainda. Nosso maior veículo no momento é o Instagram.

 

Qual você achou a maior dificuldade em empreender?

Tudo (RS)! Nada no Brasil é fácil. Muitas taxas, impostos, burocracia, a margem é baixa...  Sempre achava as lojas brasileiras extremamente caras. Hoje entendo por quê , RS!

 

Alguma dica para a Laura de 5 anos atrás? 

Com certeza: menos ansiedade, os projetos sairão do papel eventualmente.

 

Onde você busca inspiração? 

No design, na arte e na arquitetura.

 

E o que faz para desestressar? 

Durante a semana, adoro exposições de arte. No final de semana, fujo para a praia.

 

Lugar favorito para um almoço de business?

O Spot perto da Paulista. Amo a arquitetura do restaurante. Despretensiosa e cool ao mesmo tempo.

 

Drink favorito? 

Tem tantos... Mas no momento, Gin Tônica.

 

E pra quem quiser experimentar tem 15% de desconto com o código CAS+LOLLA no site da marca. 

SHOP

SHOP

SHOP


 

O “Women Behind The Brand” é uma tag super inspiradora sobre empreendedorismo e mulheres criativas. Para ler outras matérias e entrevistas com founders e creative minds, clique aqui.