September

you-are-good-enough.jpg

Setembro tem um jeitinho de mês café com leite, tipo janeiro. Ele parece ser um mês de segundas chances, de correr atrás das suas metas do começo do ano que você ainda não conseguiu alcançar e de começar de novo. O ano novo judaico foi essa semana e acho que essa sensação não é coincidência com Rosh Hashaná. É um tempo de recomeço, de começar diferente mesmo antes do ano acabar, reavaliar os objetivos e como estamos levando a vida.

Aqui no Lolla as coisas estão cada mais sólidas e definidas, já somos um time incrível e ativo de mulheres inteligentes e criei o Lolla Studio, um estúdio criativo de arte e conteúdo para atender melhor a demanda de algumas marcas que se conectam com o Lolla e querem aproveitar a nossa maneira de ver o mundo de alguma forma.

Hoje vai rolar o 2º Talk do Lolla, na Casa 190. A ideia surgiu depois desse texto sobre "build a business while raising a family" depois de observar as minhas amigas e família em volta de mim se desdobrando para conseguir fazer tudo que inventamos e que nos inspira.

Eu viajo para São Francisco no fim do mês para ir ao In Good Company, um evento incrível para mulheres e mães empreendedoras, com speakers criativas em um lugar lindo arquitetado pela co-founder do Mother.com, um site inspirador e super verdadeiro sobre maternidade. Entrevistamos a set designer do evento, uma california girl de São Francisco com um bom gosto surreal, em breve aparece por aqui. Antes vou dar um passada por NY, sigam o Lolla no Instagram para não perder os melhores momentos.

Ainda me sinto muito insegura nesse fim de ano. As eleições estão me deixando bem apreensivas, a gente não sabe o rumo que o Brasil vai tomar e as consequências que governos extremistas no poder, ou governos iguais aos de sempre, podem causar. Isso afeta todas as relações de afeto, de trabalho e de produtividade da sociedade.

De alguma forma minha vida segue mais definida, comecei a enxergar as relações com mais clareza e ver que algumas inseguranças minhas começavam quando acabava a dos outros e que elas podem nem ser minhas, foram atribuídas. Isso ta me ajudando muito a levar o dia a dia de um jeito mais leve.

E to bem feliz que só falta um livro para bater a minha meta de 8 livros do ano, (não me julguem, quis ser realista) e comecei Americanah, da Chimamanda Ngozi Adichie, vão sobrar 2 meses e posso superar minha meta com mais livro tranquilamente, ainda mais agora que comprei um kindle e to lendo mais do que o normal. Acho que eu nunca fiz isso, nunca superei uma meta na minha vida. Cheers to that. O goodreads me ajuda muito a acompanhar essa meta e a montar minha wishlist dos livros que eu quero ler, você já usa?  Logo mais o Book Club do Lolla vai virar realidade em parceria com outro book club e to super empolgada com esse projeto.

Feliz ano novo!

Rosa Zaborowsk, Editor & Founder

digital_signature.png