Como definir o seu minimalismo

minimalismo

Eu assisti o documentario da Netflix sobre minimalismo, Minimalism, há uma três semanas. Desde esse dia meu goal para as próximas quatro semanas é declutter todo o meu apartamento, Mary Kondo style. Mas essa é a parte fácil. Tudo que eu já consegui tirar daqui até agora eram coisas que eu não usava mais e estavam guardadas em lugares que não via e só quando eu abria alguns armários me lembrava da presença delas e do quanto aquele monte de coisa que não serve pra nada me incomodava. Job done, tirei quase tudo.

https://youtu.be/0Co1Iptd4p4

Mas to chegando a conclusão que o minimaslimo é estilo de vida que deve ser flexível e adaptável ao que é real. A definição de minimalismo é "Minimalism is the active intention of paring down so you can focus on what matters in life,” ou seja, tirar da sua casa, escritorio, da sua vida tudo que tire seu foco daquilo que realmente importa na vida. Mas, o que importa na vida é totalmente relativo. Você não precisa se transformar em outra pessoa para ser feliz com o que importa pra você, na sua vida. O ponto aqui é ficar alerta para que as coisas não tomem o lugar das não coisas na sua vida. Para que o sentimento de fullfilment não seja abastecido com coisas e sim com experiencias, sentimentos e das pequenas coisas.

Eu tenho várias caixas com paper stuff, sou apaixonada por papelaria e não pretendo me livrar dessas coisas, não vejo porque, já que elas me dão alegria. Eu leio muito, livros e revistas. Isso deixa a casa cheia, mas também fica cheia de informação, de vida. Amo meus acessórios, gosto de ir trocando o que eu uso de acordo com meu humor e fase da vida. As coisas que eu não uso mais eu sempre tiro, to em constante estado de doação de coisas.

"You can never have enough of what you don't really want"

 

Mas o ponto onde eu ainda não consegui trabalhar bem é no meu closet. Adoraria ter um signature look, quase um uniforme. Mas de vez em quando quero algo mais bold, fora da minha comfort zone e não quero abrir mão das peças no meu closet que me ajudam a conseguir isso. Por outro lado, se algum dia eu passei o dia incomodada e irritada com a minha escolha de look, foram os dias que eu saí dessa zona de conforto, então até que não seria má ideia limitar essas hipóteses. Preciso primeiro entender de onde vem essa vontade de usar um look que não tem nada a ver comigo e descobrir um outro jeito de lidar com isso. E um closet bem editado deve ser um bom start.

Acho que pra construir um capsule wardrobe e saber manter um, a gente precisa estar super confortável com quem a gente é em termos de personal style. Vou fazer um exercicio e montar um closet experimental pra ver se dá certo, considerando as peças do meu armário que eu mais uso. Vou tentar stick com essas peças por um mês e depois acompanhar a minha performance. Let's see...


Aqui tem mais dois Ted Talks sobre minimalismo com os fundadores do site The Minimalists e produtores do documentário:

The Arte of Letting Go | The Minimalists

https://youtu.be/w7rewjFNiys

A rich life with less stuff

https://youtu.be/GgBpyNsS-jU