10 resoluções de ano novo for the real girl

new-years-resolution.png

Todo fim de ano a gente reavalia a vida e fica frustrado por tudo que não deu para fazer. Os livros que eu não li, os filmes que eu não vi, os presentes que eu não comprei, as viagens que eu não fiz e por aí vai.

Sempre colocava como meta ver todos os filmes do Oscar antes do Oscar, mas aí eu me dei conta que só vou saber os filmes do Oscar três semanas antes do Oscar, e é impossível ver todos os filmes que faltariam ver para completar a lista em um espaço de tempo tão curto enquanto sua vida real acontece.

Entao, eu decidi pensar em todas as coisas que realmente ficavam na boca do estomago, me incomodando, e eu não fazia nada para mudar e tomar uma atitude com relação a isso. E aqui está a lista das Resoluções de ano novo que você consegue cumprir

  1. Beber 2 litros de água por dia

Para conseguir isso, a melhor coisa é dividir em 8 copos de água por dia. Encaixe na sua rotina e vai testando.

  1. Dormir 7h por noite

Faz uns dois meses que comecei a usar a function “bedtime” no iPhone. Você escolhe a hora que quer acordar e quanto tempo precisa de sono por noite e ele calcula pra você a hora de ir dormir e te avisa. Obedeci as 7h, mas sempre ia dormir mais tarde e acordava mais tarde do que meu plano. Meta para 2018, acordar as 6:20am.

  1. Ler pelo menos 8 livros em 2018 

Parece pouco né? Mas eu não to conseguindo encaixar nem mais do que quatro no meu ano, simplesmente porque priorizo outras coisas. Eu leio muito, mas 80% são artigos de jornais e revistas que leio o dia inteiro. O que me impede de ler mais é o Instagram e window shopping, coisas bem estúpidas que só consomem a minha retina.

  1. Sair mais com as minhas amigas

Vários estudos já comprovaram, a amizade é uma das maiores aliadas a saúde do ser humano. Ter amigos reduz risco de depressão, doenças cardíacas, ansiedade e te dá um senso de comunidade, de pertencer a alguma coisa e de empatia como nenhuma outra relação na vida. É até um veículo para te ajudar a trabalhar a gratidão. Dividir nossos problemas e aquilo que faz a gente feliz com as amigas faz bem para o coração. A meta para 2018 é tomar café da manhã com elas, igual em Sex and The City. Vou ser muito feliz no dia que isso acontecer.

  1. Ser mais objetiva nas compras online

Gosh, como eu perco tempo! O meu maior problema com as compras online é que elas aumentam a minha indecisão em 1000%. Perco h-o-r-a-s decidindo o que levar, tiro e coloco do carrinho a mesma peça umas 100 vezes e muitas vezes eu perco o carrinho e o cadastro o que me leva a desistir da compra e ficar muito irritada. Preciso trabalhar melhor isso e comprar o que eu preciso sem ficar com peso na consciência.

  1. Prestar mais atenção no que eu sinto quando estou shopping

As vezes quando estou shopping fico ansiosa e quando isso acontece faço escolhas erradas. Eu detesto comprar em eventos, tipo essas vendas com várias marcas e muita gente. Gosto de ir, ver o que tem, sempre tenho amigas participando e marcas parceiras do lolla para prestigiar, mas prefiro comprar depois, para fazer tudo com calma. Sou bem late adopter, acabo comprando algumas coisas quando elas já estão maturadas na curva, mas percebi que é uma forma de auto-boicote. Fico me controlando, apesar de querer muito algumas coisas e deixo para comprar quando estou prestes a perder e correr o risco de ficar sem. É quase uma caçada cheia de adrenalina. Não precisa ser assim. Fiz diferente com algumas compras no fim do ano e vi como fez diferença na minha ansiedade pós compras.

  1. Ver alguns filmes do Oscar

Para reduzir as frustrações, decidi que preciso ver pelo menos os filmes que devem concorrer ao Oscar nas categorias: melhor filme, melhor ator e melhor atriz, melhor ator e melhor atriz coadjuvante, melhor diretor e alguns de melhor filme estrangeiro (não precisa ser todos). Como alguns se repetem, já elimino alguns. E posso excluir da lista os filmes que eu não veria em uma situação normal. Adoro inventar regras para quebrar as minhas regras.

  1. Ver mais TED Talks, todos que eu conseguir

Porque são poucas coisas na vida que me tocam mais do que TED Talks. As pessoas mais interessantes do mundo estão nos TEDs e eu adoro ver gente que sabe falar bem, que tem presença de palco e faz uma plateia de gente inteligente rir. Esse ultimo que eu vi, sobre uma menina americana que é Muçulmana é tocante, me fez chorar e criar empatia.

  1. Escrever mais, a mão

Quero escrever varias coisas. O livro dos meus filhos (aqueles de milestones), um journal para os meus filhos lerem quando ficarem mais velhos (tive essa ideia no livro da Drew Barrymore, que estou lendo agora) e cartões de agradecimento. Eu adoro quando faço isso.

   10. Comprar presentes com antecedência

Taí outra coisa que eu resolvi mudar só de prestar atenção a como eu me sinto. Chegar com o presente na festa tem o poder de reduzir a minha ansiedade ao ponto de poder aproveitar muito mais qualquer festinha. Minha ou das crianças. Só preciso de planejamento e foco. Tipo, quando eu entrar em uma livraria, já pensar em todas as festinhas de criança que tenho pela frente e garantir os presentes. Ou quando eu vir algo diferente que alguém vá gostar, já compro e dou no aniversário, se estiver próximo. Normalmente espero para comprar a caminho da festa. To sempre atrasada e chego de mãos abanando. Depois é uma logística para entrega o presente certo, para a pessoa certa. E muitas vezes acabo trocando os pacotes.

 

LIFESTYLEby Rosa Zaborowsky