Maria Fernanda Conte Piedade, Founder FashionWe

Maria-Fernanda-Piedade.png

Em parceria com o FashionWe

Quem lembra da Jeans Hall, a primeira loja de jeans premium que abriu no Iguatemi aqui em São Paulo? Foi na época que o jeans estourou e virou peça coringa no guarda-roupa, foi mais ou menos quando o jeans virou o meu uniforme. Quem estava por trás da loja era a Maria Fernanda, que logo depois abriu uma loja da Seven e o showroom da marca no Brasil. E agora ela comanda um projeto novo, o FashionWe. É um projeto bem especial, que a Maria Fernanda estava querendo construir a bastante tempo, e entre filhos e a Seven, ela conseguiu lançar ano passado. O FashionWe é uma plataforma que reúne marcas premium de novos designers, é uma aposta em marcas e makers que estão começando e que tem uma proposta mais autoral.

image1.jpeg

Em formato de marketplace, o modelo de negócios segue o mesmo formato de outros players do ecommerce, que apostam na curadoria e no trabalho das marcas, sem estoque próprio. O que deu margem para um investimento bacana na plataforma que é a vitrine virtual das marcas que estão começando e não tem ecommerce.

Amanhã, dia 19 de Abril, vai rolar um evento do FashionWe com algumas marcas parceiras da plataforma que vão lançar a coleção de Inverno 2018. Vai ser no Trash Chic, que também está no FashionWe, uma second hand store com a curadoria mais cool da cidade. 

Read The Interview 

Q. Seu primeiro job com moda foi com a Seven?

Meus primeiros jobs com moda foram para a Jeans Hall, em 2004. A Jeans Hall trouxe as marcas de Jeans premium mais incríveis para o Brasil em um conceito único e inovador. Em 2008 abrimos a loja da Seven no Iguatemi.

Q. Você sempre teve essa veia empreendedora?

Sim! Amo me envolver com novos projetos e ver ideias sendo colocadas em prática! É um desafio que me motiva muito! Adoro!

Q. Da onde veio a ideia do FashionWe?

O FashionWe veio com a ideia de trazer um nova experiência de moda ao e-commerce. Sentia falta de um lugar com uma curadoria de marcas de novos designers com um estilo mais casual. Esses novos empreendedores precisam de um espaço que os incentive e o FashionWe tem esse papel. Colocar o novo designer ao lado de marcas já consagradas, com uma curadoria bem afinada, é a missão do FashionWe. 

Q. Quando você imagina a mulher que compra no Fashion We, como ela é?

Descontraída, antenada, prática, ama moda mas não é vítima dela. Adora acompanhar as novidades e tendências. Ela é casual, não abre mão da qualidade e está em constante evolução. 

Q. Como você faz o garimpo das marcas?

Essa é a minha parte favorita! Faço muita pesquisa, converso com todos os tipos de mulheres e tento ficar o mais antenada possível com os movimentos que podem surgir no mercado. Utilizo algumas ferramentas fundamentais como o WGSN e faço constantes viagens de pesquisa também. As marcas do FashionWe sempre vão de encontro a essa mulher mais moderna e casual. 

Q. Conta mais sobre o evento de amanhã do FashionWe na Trash Chic? 

 Esse evento foi pensado para lançar peças incríveis de marcas que eu adoro! Pensei junto com as marcas nas cartela de cores para o Inverno 2018 e queria mostrar tudo em primeira mão para nossa clientes especiais.

O FashionWe é o canal on line do Trash Chic, que tem um espaço lindo e um acervo único de peças Vintage que eu adoro! A idéia foi mostrar essas peças especiais para nossas amigas e clientes numa tarde bem descontraída. 

 Q. O vintage está voltando de um jeito ainda muito cool, porém mais comercial, mais “usável”. Marcas como Re/Done e Levi’s estão reeditando modelos antigos e re-lançando como peça desejo. O que você pensa sobre isso?

Amo essa onda! Além de achar que é muito importante a questão do consumo consciente. Reutilizar de uma nova maneira é muito cool, atual e traz o jeito único que cada pessoa tem de se vestir. O FashionWe valoriza muito a mulher autêntica que não tem medo de mostrar sua personalidade. 

Q. Alguma style icon?

Sim! Varias! Anine Bing e Lauren Santo Domingo são minhas favoritas! A Anine é muito inspiradora, fez uma marca que adoro, com um estilo casual/chic de Los Angeles. Ela é mãe, empresária, linda, e não tenho ideia de como ela da conta de tudo! Kkkkk! A Lauren é chic, tem um estilo único e criou um e-commerce que amo e admiro muito, o Moda Operandi! 

Q. O que te inspira?

Novos desafios, mulheres fortes, colocar sonhos em prática.... ser um bom exemplo para os meus filhos. 

Q. Como você divide seu tempo entre Seven, Fashion We, marido e as crianças?

Parte mais difícil!! Tentando equilibrar tudo e abrindo mão da ideia de perfeccionismo, principalmente. Ter um time de pessoas/profissionais que eu confio é essencial! 

Q. Como é um dia típico seu? A gente adora ver a logística das outras mães pra quem sabe aprender alguma coisa!

Eu optei por não ter motorista... e foi a melhor coisa, pois esse contato bem próximo com meus filhos no dia a dia é muito rico! 

Então... acordo as 6:00 da manhã/acordo as crianças, preparo as mochilas e lanches.... e faço as crianças tomarem um bom café da manhã! Isso me deixa mais tranquila durante o dia... eles ficam o dia todo na escola (alguns dias saem as 17:30h, pois fazem atividades extras. Assim consigo fazer tudo o que preciso até o horário de buscá-los. 

É tudo bem corrido.... e quando imprevistos acontecem a prioridade é sempre as crianças! Já me acostumei com esse ritmo e acho que assim a gente se esforça para ser mais eficiente e prática! Ah, e o mais importante de tudo: ter amigas para contar! Sem elas nada disso seria possível!!! Gratidão imensa as minhas amigas! 

Q. Como você vê o FashionWe daqui alguns anos? 

Como uma referência em E-commerce de Moda, e um destino certo para quem procura marcas atuais, antenadas e um estilo casual chic para se inspirar e vestir! 

As marcas que vão lançar a coleção de Inverno 2018 no evento do FashionWe. Click to shop

Follow @fashionweEm parceria com o FashionWe